categorias

Marcadores

9.8.17

Sonzinho bom: Dolphinkids


Conheci a Dolphinkids no ano passado quando alguém do meu facebook curtiu a página e aquela curtida apareceu no meu feed. Na época, eles só tinham lançado o single Dead Lullaby, single esse que eu tinha ouvido, gostado e "ficado esperando" o lançamento do Bluebird, EP que saiu pouco tempo depois. Depois do ep, eles conquistaram meu coraçãozinho musical definitivamente.

Quando eu conheci a banda, achei que eles eram um duo formado pela Larissa e pelo João, porém mais recentemente, tenho visto um terceiro integrante chamado Pedro e agora eu não sei se ele sempre foi parte do grupo ou se entrou depois. Inclusive, uma vez vi no twitter uma imagem que tinha ainda um quarto integrante chamado Max. Ou seja, eu vim apresentar uma banda para vocês, mas não tenho certeza de por quantas pessoas ela é formada, hahaha. Se um dos golfinhos ler esse post, favor ajudar nóis com essa informação, hehe.

Em termos de música, eu sempre transitei entre os estilos do rock e indie/indie pop, então quando me deparei com as músicas classificadas como synthpop foi novidade para mim e eu pude ouvir o som deles sem ficar fazendo comparações com outros artistas. Pelo mesmo motivo, eu não tenho como dizer para vocês "olha, Dolphinkids é tipo fulano de tal", portanto, vocês também vão poder conhecer o trabalho deles do mesmo modo que eu, sem vícios ou expectativas.

O Bluebird tem 6 músicas e elas falam desde amor, como Beyond The Blue Planet e Together We'll Rust, até o que eu classifiquei como autoestima e/ou autoconhecimento, como Seasons. A propósito, Seasons foi a minha favorita de início e para mim, ela diz isso: olha aqui querida, você é incrível, pare de se menosprezar, belê?. De repente, a letra foi escrita com outro sentimento em mente, mas a gente interpreta as coisas de acordo como que a gente tá vivendo, né?

Atualmente, também tenho gostado muito de Meet me in Mars, e vira o mexe o trechinho "you were so pretty when you were not on mars" aparece na minha mente. Essa faixa conta uma historinha, ela é sobre "um projeto que manda as pessoas pra Marte prometendo felicidade e realização, quando na verdade seu objetivo é se livrar do 'excesso' de pessoas que está causando a superpopulação e a falta de recursos no planeta terra.", palavras da banda. Outra que também gosto muito é Lonely Party, uma faixa instrumental. Se eu não tô ficando doida, ela tem um pedaço de Beyond the Blue Planet no finzinho.

Eu falei mais detalhadamante apenas dessas faixas, mas na verdade eu gosto de todas quase igualmente (confesso que meu carinho por Seasons é um pouco maior, hehehe). Vou lançar mão da "velhice discriminatória" aqui: acho as letras tão bem escritas e poéticas que fiquei surpresa quando vi que eles são bem novinhos, imagino que estejam ali pelos 20 anos. Eu com 20 anos só escrevia coisas péssimas, hahaha.

Eu quis muito apresentar Dolphinkids para vocês porque eles são de Suzano/SP, cidade vizinha aqui. Sabe aquela coisa de apoiar os produtores locais, comprar do pequeno e tal? Entããão!! Eles fazem um sonzinho muito legal e merecem ser reconhecidos e vocês também merecem conhecer bandas legais. No canal do Youtube e no Soundcloud, eles postaram alguns covers e versões acústicas. Vale dar uma espiadinha lá {:
Para acompanhar a banda:


• • •


Vocês gostam desse estilo de música?
O que acharam da banda e qual foi a favorita (assim à primeira vista mesmo)?
Até já, pessoal.

As duas primeiras fotos do post foram cedidas pela banda. A última é do site F.Max Photography.


Conheci a Dolphinkids no ano passado quando alguém do meu facebook curtiu a página e aquela curtida apareceu no meu feed. Na época, eles só tinham lançado o single Dead Lullaby, single esse que eu tinha ouvido, gostado e "ficado esperando" o lançamento do Bluebird, EP que saiu pouco tempo depois. Depois do ep, eles conquistaram meu coraçãozinho musical definitivamente.

Quando eu conheci a banda, achei que eles eram um duo formado pela Larissa e pelo João, porém mais recentemente, tenho visto um terceiro integrante chamado Pedro e agora eu não sei se ele sempre foi parte do grupo ou se entrou depois. Inclusive, uma vez vi no twitter uma imagem que tinha ainda um quarto integrante chamado Max. Ou seja, eu vim apresentar uma banda para vocês, mas não tenho certeza de por quantas pessoas ela é formada, hahaha. Se um dos golfinhos ler esse post, favor ajudar nóis com essa informação, hehe.

Em termos de música, eu sempre transitei entre os estilos do rock e indie/indie pop, então quando me deparei com as músicas classificadas como synthpop foi novidade para mim e eu pude ouvir o som deles sem ficar fazendo comparações com outros artistas. Pelo mesmo motivo, eu não tenho como dizer para vocês "olha, Dolphinkids é tipo fulano de tal", portanto, vocês também vão poder conhecer o trabalho deles do mesmo modo que eu, sem vícios ou expectativas.

O Bluebird tem 6 músicas e elas falam desde amor, como Beyond The Blue Planet e Together We'll Rust, até o que eu classifiquei como autoestima e/ou autoconhecimento, como Seasons. A propósito, Seasons foi a minha favorita de início e para mim, ela diz isso: olha aqui querida, você é incrível, pare de se menosprezar, belê?. De repente, a letra foi escrita com outro sentimento em mente, mas a gente interpreta as coisas de acordo como que a gente tá vivendo, né?

Atualmente, também tenho gostado muito de Meet me in Mars, e vira o mexe o trechinho "you were so pretty when you were not on mars" aparece na minha mente. Essa faixa conta uma historinha, ela é sobre "um projeto que manda as pessoas pra Marte prometendo felicidade e realização, quando na verdade seu objetivo é se livrar do 'excesso' de pessoas que está causando a superpopulação e a falta de recursos no planeta terra.", palavras da banda. Outra que também gosto muito é Lonely Party, uma faixa instrumental. Se eu não tô ficando doida, ela tem um pedaço de Beyond the Blue Planet no finzinho.

Eu falei mais detalhadamante apenas dessas faixas, mas na verdade eu gosto de todas quase igualmente (confesso que meu carinho por Seasons é um pouco maior, hehehe). Vou lançar mão da "velhice discriminatória" aqui: acho as letras tão bem escritas e poéticas que fiquei surpresa quando vi que eles são bem novinhos, imagino que estejam ali pelos 20 anos. Eu com 20 anos só escrevia coisas péssimas, hahaha.

Eu quis muito apresentar Dolphinkids para vocês porque eles são de Suzano/SP, cidade vizinha aqui. Sabe aquela coisa de apoiar os produtores locais, comprar do pequeno e tal? Entããão!! Eles fazem um sonzinho muito legal e merecem ser reconhecidos e vocês também merecem conhecer bandas legais. No canal do Youtube e no Soundcloud, eles postaram alguns covers e versões acústicas. Vale dar uma espiadinha lá {:
Para acompanhar a banda:


• • •


Vocês gostam desse estilo de música?
O que acharam da banda e qual foi a favorita (assim à primeira vista mesmo)?
Até já, pessoal.

As duas primeiras fotos do post foram cedidas pela banda. A última é do site F.Max Photography.

Instagram